Mercado Livre Atinge Receita Bilionária no 3º Tri

Última atualização em 26 de janeiro de 2021 por Maria Alice Medeiros

Mais um balanço trimestral chamou a atenção do mercado esta semana: o do Mercado Livre. A companhia argentina vem investindo pesado em suas operações ao redor do mundo e, de acordo com seu relatório, os resultados foram bem positivos nesse sentido. 

Depois de duas de suas concorrentes, B2W e Amazon, terem anunciado seus resultados referentes ao 3º trimestre, a companhia argentina não perdeu tempo e também liberou seus números para o mercado… 

E uma coisa já é possível adiantar sobre esses balanços divulgados até o momento: nenhuma das varejistas estão perdendo tempo quando o assunto é aproveitar a alta do Ecommerce nos últimos meses.

Ao longo deste artigo, vou apresentar detalhes sobre o balanço do 3º trimestre do Mercado Livre, e contar um pouco mais sobre as estratégias da companhia ao longo deste ano. Confira!

mercado-livre
(Imagem: Divulgação Instagram)

Mercado Livre Registra US$ 1,1 bilhão de Receita Líquida

O Mercado Livre anunciou seu balanço referente ao 3º trimestre de 2020…

A companhia mais valiosa da América Latina simplesmente atingiu o recorde em sua receita líquida de US$ 1,1 bilhão, o que significou uma evolução de 85%.

Já o Mercado Livre Brasil, que representa 55% do total, registrou US$ 610,7 milhões, uma alta de 56,6% em dólar e de 112,2% em reais.

Além disso, no GMV (Volume Total de Vendas), a empresa argentina alcançou US$ 5,9 bilhões, representando uma alta de 62,1%…

Mas os resultados positivos sobre o 3º trimestre do Mercado Livre não param por aí…

O número de usuários ativos, por exemplo, foi de 76 milhões, resultando em uma alta de 92,2%…

E sua base de usuários cresceu 125,2%, marcando 13,7 milhões de clientes. Sobre isso, o relatório aponta:

“Nosso volume total de pagamentos em carteira móvel na Argentina, Brasil e México continua crescendo três dígitos ao ano”.

O balanço trimestral também informou que o volume de pagamentos do Mercado Pago, braço financeiro do Mercado Livre, alcançou US$ 14,5 bilhões, crescendo 91,7%.

Com isso, a companhia conseguiu encerrar o 3º trimestre deste ano com um lucro líquido de US$ 15 milhões…

O lucro líquido por ação, por sua vez, foi de 0,28, valor bem acima do estimado por especialistas, que aguardavam algo em torno de 0,17. 

Assim, todos esses resultados bem animadores do Mercado Livre simbolizam os esforços que a companhia fez ao longo de todo este ano para expandir ainda mais seu alcance no varejo…

E, acredite, não foram poucos. Principalmente no que diz respeito à logística da companhia…

Apostar na Logística para Expandir

Aprimorar a logística de entrega tem sido o objetivo de todas as varejistas ao longo deste ano…

Com a alta do Ecommerce, as empresas não querem desperdiçar nenhuma oportunidade de vendas.

Só para você ter uma ideia, no 1º semestre de 2020, o Ecommerce atingiu sua maior alta nos últimos 20 anos. Na prática, houve um aumento de 47% no faturamento do setor impulsionado pelos seguintes fatores:

  • Salto de 39% no número de pedidos realizados no Ecommerce, totalizando 90,8 milhões;
  • Crescimento de 47% nas vendas, somando R$ 38,8 bilhões.

Ou seja, um cenário perfeito para nenhuma varejista querer perder oportunidades de vendas…

Não é à toa que o foco na logística está tão forte. A disputa pelo melhor serviço de entrega está tão intensa, que o mercado a nomeou de “Guerra dos Fretes”

O nome nada mais representa do que a seguinte ideia: quem vende mais rápido, vende mais

Por isso, o Mercado Livre realmente não perdeu tempo e investiu pesado para aprimorar seus serviços de entrega…

Logística do Mercado Livre Hoje

Só este ano, o Mercado Livre pretende gastar mais de R$ 4 bilhões no país. E, para 2021, o investimento será ainda maior…

Na verdade, números ainda não foram anunciados, mas o Mercado Livre planeja fazer um investimento recorde em 2021 no Brasil.

E isso já fica bem claro só com a mais recente iniciativa da companhia: o anúncio de aviões próprios para realizarem entregas ao redor do país…

Mas não só isso…

Em julho, o Mercado Livre abriu o 3º CD no país, próximo à Salvador…

Além disso, a companhia anunciou a contratação de 60 carretas para auxiliarem nas entregas ao redor do país…. 

E também a compra da Kangu, startup brasileira de logística que já atuava como parceira do marketplace há algum tempo. 

Diante disso tudo, não há como negar: o Mercado Livre é um dos principais players do Ecommerce

A companhia apresenta excelentes estratégias tanto para os vendedores do seu marketplace quanto para os clientes da plataforma. 

Contudo, um fato precisa ser dito:

Logística é, sim, um fator determinante hoje dentro do Ecommerce. E o Mercado Livre, claro, está tomando decisões assertivas para sua expansão nesse sentido…

Mas isso não significa que o marketplace é soberano quando o assunto é logística – fato que seus vendedores também precisam ficar bem atentos…

A Magazine Luiza, por exemplo, conta hoje com cerca de 18 centros de distribuição ao redor do país. A B2W, por sua vez, possui 17

Assim, se compararmos com outras gigantes do setor, a companhia argentina precisa expandir ainda mais nesse sentido. 

Ou seja, os resultados do Mercado Livre foram extremamente positivos, não há como negar…

Mas a companhia precisa, sim, ficar atento ao alcance de suas concorrentes no varejo para não perder nenhum espaço nesse mercado altamente competitivo.

Gostou do artigo? Para não perder essas e outras dicas, inscreva-se AGORA MESMO em nossa newsletter e receba mais artigos como este! É só clicar no box abaixo.

RECEBA CONTEÚDO EXCLUSIVO NO SEU EMAIL (GRÁTIS)

Inscreva-se gratuitamente e receba as Principais Notícias do Mercado no seu e-mail toda semana!

Mais Lidas

Confira outros conteúdos:

Artboard 2 copy 2

O Ecommerce de Sucesso é um portal de informações sobre o Mercado de Ecommerce. Aqui são abordadas notícias e informações sobre os assuntos Economia, Marketing, Comércio Eletrônico, Varejo, Negócios, Mercados, Política e Tecnologia. Conteúdo independente interpretado com a visão dos nossos especialistas.

ECOMMERCE DE SUCESSO © 2020.