Mercado Livre contrata 60 carretas para Entregas. Entenda

Última atualização em 26 de janeiro de 2021 por Maria Alice Medeiros

O Mercado Livre apresentou mais uma novidade em sua logística: a adesão de 60 carretas para auxiliarem nas entregas realizadas ao redor do país. A iniciativa tem como objetivo suprir o crescimento exponencial das compras feitas no marketplace nos últimos meses. 

Recentemente, o Mercado Livre atingiu uma marca incrível: foi considerado a empresa mais valiosa da América Latina. Seu valor de mercado é de US$ 60,644 bilhões!

Diante desse contexto, era de se imaginar que a companhia demonstrasse preocupação em fazer ajustes para melhorar sua logística e não perder clientes… 

Ao longo deste artigo, vou te mais mostrar mais detalhes sobre a contratação dessas carretas. Também vou te contar quais são os planos da companhia para uma possível frota própria de caminhões. Acompanhe…   

Logística para suprir alta demanda

A iniciativa do Mercado Livre em contratar 60 caminhões tem por objetivo suprir a alta demanda de pedidos dos últimos meses frente à pandemia…

Cada veículo contratado tem capacidade para transportar em média 5 mil pacotes… 

Além disso, os caminhões serão usados entre os 3 centros logísticos do Mercado Livre no país. Dois deles estão em São Paulo e outro, na Bahia. Também há as centrais menores para Rio de Janeiro, Distrito Federal, Goiás, Paraná e Rio Grande do Sul e cidades no interior paulista.

A utilização dessas carretas para a entrega já era uma prática adotada pelo Mercado Livre de forma avulsa…

Contudo, diante ao elevado número de encomendas, a companhia fechou contratos com transportadores para não apenas fazer as entregas… Mas também para “envelopar” os veículos com as cores e o logotipo da companhia.

E as iniciativas para expansão não param por aí… 

A ideia é aumentar ainda mais o número da frota.

Leandro Bassoi, vice-presidente do Mercado Envios, braço da logística do Mercado Livre, afirmou que até o fim do ano a empresa deve operar com cerca de 150 carretas.

Sendo assim, toda essa movimentação chamou a atenção para a possibilidade de a empresa ter veículos próprios para não depender mais de transportadoras ou Correios…

Fim da relação do Mercado Livre com os Correios?

Os novos caminhões foram contratados de pequenas empresas de logísticas de vários lugares do país. E, ainda de acordo com o executivo, não está nos planos do Mercado Livre ter uma malha própria

O que está acontecendo, na verdade, é uma iniciativa para manter os bons resultados da empresa. 

Só no 2º trimestre, o Mercado Livre mais que triplicou seus lucros no período de abril a junho… 

O faturamento foi de US$ 878,4 milhões neste período, representando uma alta de 123,4% em relação ao trimestre anterior…

Por isso, aumentar a quantidade de caminhões para fazer entregas é uma forma de manter o bom nível de atendimento… E também não sofrer diminuições nos lucros por causa de problemas com entregas de mercadorias…

A medida também não significa que o Mercado Livre não vai mais trabalhar com o auxílio de transportadoras ou dos Correios. 

Pelo contrário, ainda existirá essa parceria. No entanto, a prática será essencial na falta os Correios em meio à greve, por exemplo. 

Nesses casos, é com as transportadoras e com essa maior frota de caminhões do Mercado Envios que os vendedores do Mercado Livre podem contar.

Gostou do artigo? Para não perder essas e outras dicas, inscreva-se AGORA MESMO em nossa newsletter e receba mais artigos como este! É só clicar no box abaixo.

RECEBA CONTEÚDO EXCLUSIVO NO SEU EMAIL (GRÁTIS)

Inscreva-se gratuitamente e receba as Principais Notícias do Mercado no seu e-mail toda semana!

Mais Lidas

Confira outros conteúdos:

Artboard 2 copy 2

O Ecommerce de Sucesso é um portal de informações sobre o Mercado de Ecommerce. Aqui são abordadas notícias e informações sobre os assuntos Economia, Marketing, Comércio Eletrônico, Varejo, Negócios, Mercados, Política e Tecnologia. Conteúdo independente interpretado com a visão dos nossos especialistas.

ECOMMERCE DE SUCESSO © 2020.