Logística do Mercado Livre com Veículos Elétricos? Saiba Tudo!

Última atualização em 28 de setembro de 2021 por Felipe Vannucci

Quando o assunto é logística de entrega, dá para perceber que o Mercado Livre não perde tempo. Principalmente nos últimos meses, o marketplace tem feito fortes investimentos nesse sentido… O mais recente deles, inclusive, envolve uma iniciativa mais consciente em relação ao meio ambiente: o uso de carros elétricos.

 A Amazon EUA já havia sinalizado uma preocupação com esse tipo de ação, e acabou lançando uma das três novas vans elétricas projetadas para as entregas da companhia. Ao todo, foram encomendadas 100 mil unidades.

Por aqui pela América Latina, não teve jeito: o Mercado Livre se apressou em sair na frente da concorrência na hora de apostar em veículos que emitem menos gases poluentes…

Ao longo deste artigo, vamos apresentar detalhes sobre a ação do marketplace, e contar um pouco mais sobre todas as últimas estratégias do Mercado Livre para aprimorar sua logística de entrega. Acompanhe!

mercado-livre
(Mercado Livre/Divulgação/Reuters)

Mercado Livre Aposta em Carros Elétricos Para Fazer Entregas

O Mercado Livre, companhia mais valiosa da América Latina, acaba de anunciar que vai utilizar mais de 70 carros elétricos em sua logística

E as entregas feitas por estes veículos ficarão disponíveis tanto no Brasil quanto no México, Uruguai e Chile. 

Aqui no Brasil, em específico, serão cerca de 51 carros elétricos.

De acordo com a empresa, a iniciativa tem como objetivo fortalecer a logística do Mercado Livre, além de também diminuir o impacto ambiental causado pelo forte crescimento do Ecommerce nos últimos meses…

Para você ter uma ideia, o setor vem crescendo de forma tão intensa, que só no 1º semestre de 2020, houve uma expansão de 40% em números de usuários, atingindo 41 milhões ao redor do país.

Mas não só isso…

A medida também visa aliviar o impacto gerado pela expansão das soluções logísticas do marketplace

A sede do Mercado Livre no Brasil, que fica em Osasco (SP), possui mais de 1.800 painéis solares que abastecem 20% do consumo da companhia…. 

Enquanto 80% são abastecidos por energias renováveis de outras fontes.

Além disso, 3 dos centros de distribuição do Brasil e 2 do Chile estão passando por um processo de migração nesse sentido…. 

A ideia é que estes espaços sejam totalmente abastecidos por energia renováveis até 2021. Argentina, Chile e Colômbia também passarão por essas mudanças. 

Dessa forma, o Mercado Livre reforça o que vem falando há um bom tempo:

O seu foco principal em aprimorar sua logística de entrega e não desperdiçar nenhuma oportunidade de venda…

Mercado Livre Brasil e a Busca Pela Melhor Logística do País

Em 2020, o Mercado Livre anunciou que pretendia investir mais de R$ 4 bilhões no Brasil. E, ao que tudo indica, foi exatamente isso o que aconteceu…

Já para 2021, o investimento será ainda maior…

Na verdade, o Mercado Livre planeja fazer um investimento recorde em 2021 no país.

A ideia é manter a forte pegada de estratégias voltadas para à logística, que, acredite, foram muitas ao longo de todo este ano…

Em julho, o Mercado Livre abriu o 3º CD no país, próximo à Salvador…

Além disso, anunciou a contratação de 60 carretas para auxiliarem nas entregas ao redor do país…. 

E mais do que isso…

Também comprou da Kangu, startup brasileira de logística que já atuava como parceira do marketplace há algum tempo. 

Contudo, nada foi tão avassalador quanto uma de suas últimas ações: o uso de uma frota própria de aviões para realizarem entregas, a MELI Air…

Ao todo, 4 aviões serão operados por diferentes companhias aéreas, com o objetivo de auxiliar a varejista nos seguintes fatores:

  • Redução dos prazos de envio das compras feitas no país;
  • Aumento da capacidade de entregas para o dia seguinte nas compras de mercadorias armazenadas nos centros de distribuição da Bahia e de São Paulo. 

E não pense que iniciativas nesse sentido acabaram por aí…

Recentemente, a companhia anunciou a abertura de mais 5 centros de distribuição nas cidades:

  • 1 em Guarulhos (SP);
  • 2 em Cajamar (SP);
  • 1 em Celso Ramos (SC);
  • 1 em Extrema (MG). 

Portanto, o Mercado Livre reforça que a Guerra dos Fretes está mais viva do que nunca…

E que varejistas como Magazine Luiza, empresas do Grupo B2W, Via Varejo, o próprio Mercado Livre estão firmes e fortes quando o assunto é o fortalecimento de suas malhas logísticas…

Nenhuma – mas nenhuma MESMO – empresa do varejo quer perder a chance de vender mais rápido e, consequentemente, vender mais. 

Portanto, basta aguardar que mais iniciativas nesse sentido serão feitas pelo Mercado Livre…

Gostou do artigo? Para não perder essas e outras dicas, inscreva-se AGORA MESMO em nossa newsletter e receba mais artigos como este! É só clicar no box abaixo.

RECEBA CONTEÚDO EXCLUSIVO NO SEU EMAIL (GRÁTIS)

Inscreva-se gratuitamente e receba as Principais Notícias do Mercado no seu e-mail toda semana!

Mais Lidas

Confira outros conteúdos:

Artboard 2 copy 2

O Ecommerce de Sucesso é um portal de informações sobre o Mercado de Ecommerce. Aqui são abordadas notícias e informações sobre os assuntos Economia, Marketing, Comércio Eletrônico, Varejo, Negócios, Mercados, Política e Tecnologia. Conteúdo independente interpretado com a visão dos nossos especialistas.

ECOMMERCE DE SUCESSO © 2020.