Mercado Livre Atualiza Custos e Regras Para Sellers a Partir de 2022

Última atualização em 10 de dezembro de 2021 por Felipe Vannucci

O Mercado Livre divulgou recentemente as atualizações de políticas e custos, que entrarão em vigor a partir de janeiro de 2022, para vendedores do marketplace. As mudanças têm o objetivo de possibilitar o aumento do volume de vendas, bem como o crescimento dos negócios na plataforma.

De acordo com nota publicada na Central de Vendedores do Mercado Livre, as alterações foram implementadas devido ao atual contexto macroeconômico do Brasil e para a companhia aprimorar seus serviços.

mercado-livre
(Imagem: Getty Images)

A primeira atualização é referente ao parcelamento sem juros em anúncios Premium no Mercado Livre, que dependerá do preço do produto e do valor final de cada venda. A companhia oferecerá mais parcelas sem juros conforme o custo da venda aumente:

  • Até R$ 299: parcelamento de até 9x sem juros, dependendo do valor do produto;
  • Entre R$ 300 e R$ 1.499: parcelamento em 10x sem juros; 
  • Acima de R$ 1.500: parcelamento em 12x sem juros.

Já em relação às vendas com parcelamento inferior a 12x, a plataforma proporcionará aos consumidores a possibilidade de parcelar os pedidos em 12x com juros inferiores aos valores convencionais.

Outra mudança que acontecerá no marketplace é relacionada ao recebimento de dinheiro e rendimento em contas. A partir do dia 1º de fevereiro, o prazo para a remuneração será ajustado de acordo com a reputação do seller…

Caso o vendedor já tenha a reputação calculada e venda produtos novos, o valor das vendas será disponibilizado em 5 dias após a entrega dos produtos. Já para vendedores sem reputação e/ou que vendem produtos usados, o prazo será de 9 dias, seguindo a mesma norma da entrega. A mudança do recebimento não se aplica ao Mercado Shops.

Além disso, as contas de pessoas jurídicas deixarão de gerar rendimentos em 1º de fevereiro. Segundo o Mercado Livre, novos tipos de investimentos para negócios estarão disponíveis em breve no aplicativo do Mercado Pago. Na sequência, a companhia apresenta as mudanças nos custos de Mercado Envios…

Site Mercado Livre Aumenta Tarifas Por Oferecer Frete Grátis no Marketplace

A partir do dia 6 de janeiro, a companhia aumentará, em média, 3% as tarifas por oferecer frete grátis em itens de até 30 kg, em todas as modalidades de envio disponíveis no marketplace.

Ainda de acordo com o comunicado, as lojas oficiais e os sellers MercadoLíderes com reputação verde continuam com descontos de até 50% em produtos novos a partir de R$ 79…

Caso o vendedor utilize o Mercado Envios Flex e tenha a reputação verde, de MercadoLíder, o marketplace subsidiará 10% dos custos de envio, ao contrário dos 40% financiados pela companhia.

Vale destacar que a mudança se aplica aos produtos novos com preço mínimo de R$ 79. Assim, o vendedor recebe o seguinte valor de acordo com o critério da distância do envio:

  • Dentro da sua região: R$ 0,89;
  • Região próxima: R$ 1,39;
  • Região distante: R$ 1,59.

Se o vendedor tiver uma reputação inferior, o Mercado Livre deixará de cobrir uma porcentagem das tarifas para o frete grátis. 

Diante de todas as alterações divulgadas pelo marketplace com ampla presença na América Latina, os vendedores que já atuam na plataforma devem ficar atentos para estar de acordo com as novas políticas. Inclusive, um dos motivos do anúncio ter sido feito semanas antes das regras entrarem em vigor é para os lojistas se prepararem, segundo a Central de Vendedores. 

Ao mesmo tempo, a recomendação também é válida para os indivíduos interessados em começar a vender online, tendo em vista que o Mercado Livre costuma ser uma das portas de entrada para os empreendedores do Ecommerce.

RECEBA CONTEÚDO EXCLUSIVO NO SEU EMAIL (GRÁTIS)

Inscreva-se gratuitamente e receba as Principais Notícias do Mercado no seu e-mail toda semana!

Mais Lidas

Confira outros conteúdos:

Artboard 2 copy 2

O Ecommerce de Sucesso é um portal de informações sobre o Mercado de Ecommerce. Aqui são abordadas notícias e informações sobre os assuntos Economia, Marketing, Comércio Eletrônico, Varejo, Negócios, Mercados, Política e Tecnologia. Conteúdo independente interpretado com a visão dos nossos especialistas.

ECOMMERCE DE SUCESSO © 2020.