Vendas Online da Magazine Luiza Crescem no 2º Tri

Última atualização em 13 de agosto de 2021 por Felipe Vannucci

A Magazine Luiza apresentou resultados bem positivos em seu balanço referente ao 2º trimestre deste ano. Mesmo com todas as restrições impostas pela pandemia, a companhia mostra estar com uma presença cada vez mais forte no mercado…

E, assim como a Via, que também apresentou seus resultados ao longo desta semana, a varejista também teve amplos crescimentos no que diz respeito às vendas online no período.

magazine-luiza
(Imagem: Money Times/ Gustavo Kahil)

Volume de Vendas da Magazine Luiza Cresce 46,4% no 2º Tri

As vendas totais da Magalu tiveram uma alta de 60% na comparação anual, atingindo a marca de R$13,7 bilhões. Esses dados são referentes à somatória dos valores das lojas físicas, Ecommerce com estoque próprio e marketplace

O lucro líquido ajustado foi de R$ 89 milhões, retrocedendo o prejuízo de R$ 62 milhões referente ao ano anterior.

Em relação às vendas nas lojas físicas, houve um crescimento de 112% no total e 102% no vendas mesmas lojas em comparação ao mesmo período do ano passado…

Além disso, outra elevação relevante foi a alta de 209% no EBITDA ajustado da varejista, que registrou a marca de R$455 milhões no balanço do 2º trimestre. E a Magazine Luiza alcançou R$6,1 bilhões na posição total de caixa ajustado.

No entanto, o destaque do trimestre ficou para as operações do Ecommerce que dispararam no segundo trimestre… 

Vendas Online da Magalu Disparam Entre Abril e Junho

As vendas online da Magalu avançaram 46,4% na comparação anual e representam 72% das vendas totais da varejista.

Assim, as vendas do Ecommerce com estoque próprio aumentaram 40,1% na comparação com o mesmo período do ano passado e o marketplace contribuiu com R$3,0 bilhões, quantia que representa um crescimento de 63,3%.

Além disso, o SuperApp Magalu teve um desempenho expressivo com 32 milhões de usuários ativos mensais cadastrados na plataforma.

No comunicado aos investidores, a companhia reconhece a relevância de determinados investimentos para alavancar os números do Ecommerce:

“Também contribuíram a entrega mais rápida do varejo, a evolução do marketplace e o crescimento das novas categorias”, afirma o documento.

Vale lembrar que a Magalu investiu pesado em diversos setores durante o 2º trimestre, como no financeiro ao lançar o próprio cartão de crédito digital e comprar a plataforma de cartões Bit55

E, a prova de que as iniciativas estão funcionando é a frequência das novas aquisições integrando o ecossistema da Magalu…

Recentemente, a companhia deu passos importantes que devem influenciar a posição da companhia no mercado, por exemplo, a aberturas de lojas físicas no Rio de Janeiro. Além da Magalu ter comprado a KaBuM! por quantia bilionária e a plataforma de logística Sode.

Devido à quantidade de ações, é nítido que as recentes medidas da varejista devem trazer resultados ainda mais promissores até o fim do ano…

Com isso, diante dos números do balanço do 2º trimestre e das recentes iniciativas, a Magalu está cada vez mais determinada em chegar ao topo do mercado de varejo como um todo. 

Agora é aguardar o que mais de estratégico a varejista vai lançar futuramente para continuar no ritmo que está. 

RECEBA CONTEÚDO EXCLUSIVO NO SEU EMAIL (GRÁTIS)

Inscreva-se gratuitamente e receba as Principais Notícias do Mercado no seu e-mail toda semana!

Mais Lidas

Confira outros conteúdos:

Artboard 2 copy 2

O Ecommerce de Sucesso é um portal de informações sobre o Mercado de Ecommerce. Aqui são abordadas notícias e informações sobre os assuntos Economia, Marketing, Comércio Eletrônico, Varejo, Negócios, Mercados, Política e Tecnologia. Conteúdo independente interpretado com a visão dos nossos especialistas.

ECOMMERCE DE SUCESSO © 2020.