Por que a Via quer Investir no Conceito Prateleira Infinita? Entenda!

Última atualização em 7 de julho de 2021 por Felipe Vannucci

A Via acaba de assinar um contrato de parceria com a empresa uruguaiana NocNoc. A varejista está investindo no Conceito de Prateleira Infinita Global para garantir clientes e novas vendas internacionais…

O foco dessa colaboração está na possibilidade de disparar as vendas no marketplace e  as compras feitas no exterior pelos clientes. Além de expandir seus negócios e quem sabe, conquistar ainda mais espaço no mercado nacional.

via
(Imagem: Divulgação)

Via Aposta em Expansão dos Negócios em Parceria com a NocNoc

Em comunicado à EXAME IN, a Via informou que pretende alcançar resultados promissores com a nova proposta em 2021. O projeto de prateleira infinita global, avaliado em cerca de R$ 28 bilhões na bolsa de valores do Brasil, foi adiantado graças à parceria com a NocNoc.

A empresa será responsável pelos serviços de precificação e de logística, além de taxas de câmbio e impostos. Com essa implementação, a NocNoc vai receber take rate de 12% do faturamento das vendas da Via…

E um dos objetivos desse acordo é facilitar as compras internacionais dos consumidores.

Em meio a isso, é preciso mencionar que o contrato entre a Via e a NocNoc não é de exclusividade, logo, outras empresas podem tornar-se parceiras das marcas. Tanto que a companhia uruguaiana tem acordos comerciais eletrônicos com Mercado Livre, Petz e Mobly — grandes marcas que também atuam no mercado internacional.

Segundo os dados apresentados pelo Helison Lemons, Chief Digital Officer da Via, a varejista segue em plena ascensão. Até o fim de 2020, 10 mil sellers usavam a plataforma e, por ora, já são 33 mil. A meta da Via é alcançar 90 mil vendedores até o final de 2021…

E isso não está longe de acontecer, sabendo que, no primeiro trimestre de 2021, o número de sellers passou de 26 mil até o momento.

Além disso, a quantidade de produtos disponíveis pela varejista também disparou, alcançando a marca de 24 milhões no período de janeiro a março de 2020. Em comparação ao final de 2019, houve um aumento significativo, já que na época eram 2,5 milhões de unidades.

Em um levantamento mensal, a Via tem registrado em média 1,5 milhões itens na plataforma. Se tudo continuar assim, a varejista deve seguir crescendo no mercado…

Outro aumento disparado aconteceu nas vendas…

Só no 1º trimestre de 2021, a Via faturou mais de R$ 5 bilhões em vendas. Vale destacar que R$ 1 bilhão desse faturamento foram para os sellers de marketplace (3P), um aumento de 124% em comparação a lucratividade de 2020.

No entanto, o propósito da parceria vai além dos números de vendas e unidades na varejista…

Por que a Via quer Investir no Conceito Prateleira Infinita?

O projeto Cross Border Trade, que sai do papel graças a parceria com a NocNoc, tem a finalidade de elevar a quantidade de produtos vendidos na varejista…

A princípio, mais de 70 mil produtos internacionais devem chegar ao marketplace nos primeiros meses da colaboração. E a expectativa é alta, com a perspectiva de 500 mil produtos catalogados até o final de 2021.

Tendo em vista que as unidades dos produtos não pararam de crescer ao longo dos anos, é muito provável que a Via alcance a meta de milhões de itens variados cadastrados no marketplace.

Sobre isso, Helisson Lemos afirma em entrevista à EXAME IN que a companhia aposta em algumas categorias:

Começamos devagar com eletrônicos, expandimos para produtos dedicados ao conceito de casa inteligente e agora estamos partindo para decoração”, conta em entrevista à EXAME IN.

Além disso, o fornecimento do serviço completo de logística aos sellers, conhecido como fulfillment, faz parte dos planos da Via para 2021. Soluções financeiras, com o crediário da Via, também vão ser ofertadas aos vendedores.

O Head Chief Officer disse que a Via tem alguns objetivos, como ser reconhecida como uma fintech e uma logitech, além de ser um marketplace aos parceiros comerciais…

De forma geral, a meta da Via é ser uma retailtech, ou seja, oferecer soluções tecnológicas para o mercado de varejo, como a internacionalização de sua mercadoria.

Nesse sentido, a varejista deve começar a ofertar divulgações aos sellers, o que influencia os resultados das buscas dos compradores. Essa é uma medida tomada há algum tempo pela Amazon, outra varejista importante no país…

Via Investe em Parceira Para Competir com a Amazon? 

Ao que tudo indica, sim…

Mas apesar da antiga Via Varejo ter feito fortes investimentos nos últimos anos, não dá para ignorar que a Amazon é avaliada em quase R$ 9 trilhões, valor que supera toda a B3.

Com isso em mente, é seguro dizer que a parceria entre a Via e a NocNoc é encorajadora, ainda mais que a varejista tem planos para sair na frente da concorrência. Porém, a competição com a Amazon pode ser complicada considerando não só o valor da companhia, mas todo o seu alcance no mercado mundial. 

Ou seja, há um longo caminho pela frente para a Via…

A companhia deve seguir em ascensão pelos próximos meses, mas o suficiente para bater de frente com a Amazon? Vai ser preciso aguardar…

Por ora, a Via ainda tem grandes desafios em meio a outras líderes do setor aqui mesmo no Brasil. O Mercado Livre e a Magazine Luiza exemplificam bem esse cenário.

Leia também: Via Varejo Aposta em Veículos Elétricos para Fazer Entregas

RECEBA CONTEÚDO EXCLUSIVO NO SEU EMAIL (GRÁTIS)

Inscreva-se gratuitamente e receba as Principais Notícias do Mercado no seu e-mail toda semana!

Mais Lidas

Confira outros conteúdos:

Artboard 2 copy 2

O Ecommerce de Sucesso é um portal de informações sobre o Mercado de Ecommerce. Aqui são abordadas notícias e informações sobre os assuntos Economia, Marketing, Comércio Eletrônico, Varejo, Negócios, Mercados, Política e Tecnologia. Conteúdo independente interpretado com a visão dos nossos especialistas.

ECOMMERCE DE SUCESSO © 2020.