Moda Lidera Vendas no Ecommerce Durante Pandemia

Última atualização em 25 de agosto de 2021 por Felipe Vannucci

O segmento de Moda é um dos maiores destaques do mercado de Ecommerce no Brasil. A prova disso é o número de vendas de itens por pessoa em comparação a todas as indústrias no país durante a pandemia…

Os dados foram apresentados na pesquisa Me Envia feita pelo Melhor Envio, plataforma de gestão logística comprada pela Locaweb no ano passado, que identifica os segmentos que mais venderam no Ecommerce brasileiro em 2020.

ecommerce
(Imagem: Freepik)

Quase 2 Milhões de Itens de Moda Vendidos no Ecommerce

O levantamento do Melhor Envio utilizou como base as mais de 9 milhões de transações feitas na plataforma de janeiro a novembro de 2020. 

O resultado são 1,8 milhão de produtos do segmento de Moda comercializados no período, quantidade que representa cerca de 19% do total do Melhor Envio…

Na prática, o volume de itens vendidos é quase o dobro levantado pela categoria de Jóias e Relógios, que foi de 887 mil, quantia responsável por deixar o segmento no 2º lugar.

(Imagem: Melhor Envio)

Outro destaque no relatório é a alta nas vendas de produtos de Moda no momento em que as restrições de isolamento social mais rígidas estavam em vigor…

Nesse sentido, a quantia de itens comercializados aumentou significativamente de 50 mil em abril para 100 mil em maio.

(Imagem: Melhor Envio)

E a evolução não ocorreu somente nesses aspectos, o ticket médio também apresentou números animadores…

Porém, o segmento de Moda não obteve a maior quantia neste ponto. Entretanto, a categoria com o ticket médio no valor de R$ 30,57, o mais alto no período, foi de Alimentos e Bebidas…

Em seguida, ganharam destaque os seguintes segmentos:

  • Papelaria e armarinho: R$ 27,37;
  • Beleza e cuidado pessoal: R$ 26,59;
  • Moda: R$ 24,41.

Além disso, os profissionais do Melhor Envio identificam as condições que podem ter causado as disparadas na categoria de Moda nesse período…

Redução no Valor do Frete Impulsiona Vendas no Segmento de Moda

Em relação ao crescimento, Éder Medeiros, CEO do Melhor Envio, aponta que os reflexos do momento pandêmico influenciaram na decisão de compra dos consumidores:

O consumo online de itens de Moda sempre foi alto, mesmo antes do isolamento social. Mas, com mais tempo para cuidar de si, as pessoas deram uma atenção ainda mais especial para isso”, conta.

De acordo com Medeiros, fatores como o fechamento dos estabelecimentos, aumento nas vendas online e até a redução do valor do frete influenciaram na alta das vendas de produtos de Moda no Ecommerce:

Com o aumento da demanda e o uso de novas tecnologias, a média do frete caiu de R$ 30,11 para R$ 27,23 durante a crise causada pelo covid-19”, completa.

De forma geral, a pesquisa da empresa subsidiária da Locaweb mostra como os mais variados nichos têm oportunidades de crescimento no país…

Por isso, o contexto da categoria de Moda no ano passado não deve ser encarado como algo ímpar, especialmente agora em que o Ecommerce acaba de atingir um patamar histórico de vendas

Para você ter uma ideia, o setor atingiu R$ 53,4 bilhões de faturamento nos primeiros seis meses do ano, o que representa uma alta de 31% na comparação com o semestre anterior…

E pensando nos próximos meses com datas importantes a caminho, como a Black Friday que está com uma excelente intenção de compra, é esperado que todas as categorias tenham um bom faturamento…

Nesse caso, em especial o segmento de Moda que continua crescendo mesmo com todas as instabilidades causadas pela crise da pandemia no país e ainda se mantém como um nicho promissor aos empreendedores que desejam investir nesse setor.

RECEBA CONTEÚDO EXCLUSIVO NO SEU EMAIL (GRÁTIS)

Inscreva-se gratuitamente e receba as Principais Notícias do Mercado no seu e-mail toda semana!

Mais Lidas

Confira outros conteúdos:

Artboard 2 copy 2

O Ecommerce de Sucesso é um portal de informações sobre o Mercado de Ecommerce. Aqui são abordadas notícias e informações sobre os assuntos Economia, Marketing, Comércio Eletrônico, Varejo, Negócios, Mercados, Política e Tecnologia. Conteúdo independente interpretado com a visão dos nossos especialistas.

ECOMMERCE DE SUCESSO © 2020.