Mercado Livre Remove Milhões de Anúncios Irregulares da Plataforma

Última atualização em 23 de julho de 2021 por Maria Alice Medeiros

Não há outra saída: se o empreendedor quer vender no Mercado Livre é vital estar atento às normas do marketplace… 

De fato, é uma exigência aos lojistas que vendem nesse tipo de canal, independentemente da plataforma utilizada.

Diante disso, os números referentes à quantidade de páginas derrubadas no Mercado Livre em 2020 foram bem expressivos, mais de 23 milhões – de acordo com dados divulgados no Relatório de Transparência da companhia.

A empresa tem investido pesado no Brand Protection Program (BPP), também conhecido na América Latina como Programa de Proteção à Marca, sob o objetivo de manter a plataforma livre de postagens que descumpram suas regras…

mercado-livre
(Imagem: Divulgação)

Mercado Livre Aposta em Ações Contra Pirataria e Fraudes 

Os mais de 20 milhões de anúncios removidos do Mercado Livre são o resultado de um investimento de U$ 100 milhões em medidas do Programa de Proteção à Marca. 

Além das milhares postagens apagadas, a empresa desativou a conta de mais de 47 mil vendedores do marketplace…

O destaque do Brand Protection Programa (BPP) é o sistema de segurança que protege não somente a prevenção à fraude, mas também as demais áreas do Mercado Livre, como vendas, jurídico e experiência do cliente

Ou seja, o investimento de milhões de dólares tem sido estrategicamente aplicado para preservar todos os ramos da empresa. 

Além disso, pessoas físicas e jurídicas que sejam proprietárias de algum direito podem denunciar anúncios presentes no marketplace. Se necessário, os empreendedores podem entrar em contato com o BPP e agilizar a remoção de produtos que violem as normas da empresa…

Até o momento, mais de 4.420 membros fizeram reclamações acerca dos anúncios de itens falsificados. Ricardo Lagreca, diretor Jurídico do Mercado Livre, reconhece que produtos piratas não devem estar na plataforma:

O produto falsificado é um tipo de produto que não agrega nada à plataforma. Na verdade, ele depõe contra”, afirma.

Com isso, assim que o vendedor recebe a notificação de irregularidade, há um período de contestação para comprovar se direitos estão sendo violados ou não. O BPP permite que ambas as partes conversem e tomem as medidas cabíveis para cada situação. 

É válido destacar que como a organização trabalha com toda a América Latina, o Mercado Livre mantém colaboração com o poder público. Mais especificamente, com o Conselho Nacional de Combate à Piratria do Brasil… 

François Martins, diretor de Relações Governamentais do Mercado Livre, ressaltou a importância da parceria:

 “Temos uma equipe de prevenção para evitar irregularidades na plataforma, e também uma dimensão repressiva, trabalhando com as autoridades públicas para coibir as práticas identificadas”, afirma. 

Plataforma Segura e Livre de Irregularidades 

Com a ação trazendo resultados satisfatórios, o Mercado Livre não deve parar de investir na proteção de marcas e vendedores. As tecnologias de machine learning têm sido indispensáveis para identificar os usuários que estão burlando as leis da empresa…

Quaisquer produtos anunciados que não estão de acordo com os direitos de propriedade intelectual, serão deletados imediatamente, além da penalização e remoção dos sellers…

Em comunicado, Lagreca, contou como funciona a operação:

 “Cada vez que um anúncio é excluído, há um aprendizado para o sistema, que passa a excluir automaticamente anúncios similares ao irregular. Hoje, para cada denúncia nova feita, há cerca de uma e meia denunciada automaticamente pela ferramenta”, explica.

Sendo assim, tudo indica que o marketplace fica ainda mais seguro tanto para os vendedores quanto para as pessoas que compram por lá, tendo em vista que somente itens autênticos estarão disponíveis.

Por esta razão, se você vende no marketplace, saiba que é fundamental estar de acordo com as regras porque tudo está sendo controlado o tempo inteiro na plataforma… 

Certifique-se de somente trabalhar com fornecedores legalizados e produtos autenticados, ou seja, que não infrinjam as normas do marketplace. 

É a melhor maneira de garantir a proteção e segurança do seu empreendimento, bem como das suas vendas, evitando quaisquer problemas em relação à fraudes.

Ainda vale ressaltar que as vendas do Ecommerce estão em alta no país, por esta razão, nenhum lojista deseja perder oportunidades de fechar negócio. Afinal, estamos falando da maior empresa da América Latina.

Leia também: Jornada Profissional Digital 360º: Construa uma Carreira de Sucesso no Ecommerce

RECEBA CONTEÚDO EXCLUSIVO NO SEU EMAIL (GRÁTIS)

Inscreva-se gratuitamente e receba as Principais Notícias do Mercado no seu e-mail toda semana!

Mais Lidas

Confira outros conteúdos:

Artboard 2 copy 2

O Ecommerce de Sucesso é um portal de informações sobre o Mercado de Ecommerce. Aqui são abordadas notícias e informações sobre os assuntos Economia, Marketing, Comércio Eletrônico, Varejo, Negócios, Mercados, Política e Tecnologia. Conteúdo independente interpretado com a visão dos nossos especialistas.

ECOMMERCE DE SUCESSO © 2020.