Marketplaces Deverão Alterar Propagandas Sobre Entrega Mais Rápida

Última atualização em 3 de dezembro de 2021 por Felipe Vannucci

O Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar) determinou recentemente que as propagandas sobre velocidade de entregas dos marketplaces sofram alterações

O órgão chegou a essa decisão após os casos envolvendo Americanas.com, Magazine Luiza e Mercado Livre. Até então, todas as companhias diziam ter a entrega mais rápida do país.

marketplaces
(Imagem: Divulgação)

O processo entrou em pauta em junho deste ano, quando o Mercado Livre reivindicou o anúncio da Americanas.com.br na Black Friday de 2020, sobre a velocidade da entrega até o comprador.

De acordo com a contestação, o argumento de entrega mais rápida não tem comprovação confiável, o que pode enganar o consumidor. Inclusive, o Mercado Livre anexou uma pesquisa mostrando ter a entrega mais rápida. O Conar fez uma reunião com ambas as partes, porém, não houve acordo…

Na sequência, a B2W, responsável pela Americanas na época, apresentou um relatório e mostrou que a Americanas.com é a única empresa que se compromete a entregar produtos em até 3 horas. Em contrapartida, o Mercado Livre apresentou outro documento para fundamentar seus argumentos.

Por unanimidade, o Conar determinou que, durante a Black Friday de 2020, a Americanas.com oferecia em produtos e locais elegíveis a entrega mais rápida em determinados lugares do Brasil. Na prática, a companhia tinha o direito de alegar isso na campanha, logo, ajustes não foram necessários. 

Mercado Livre e Magazine Luiza Recorrem ao Conar 

No que diz respeito ao Mercado Livre e Magazine Luiza, ambos os marketplaces também diziam ter a entrega mais rápida do Brasil. Mesmo após recorrerem, o Conar negou os pedidos em um julgamento na última terça-feira (30)…

Segundo o Magalu, em junho deste ano, o Conar autorizou a utilização da expressão “Entrega Mais Rápida do Brasil” para a varejista, desde que fosse informado a metodologia utilizada na pesquisa que comprova o fato. O Magazine Luiza diz seguir a recomendação.

Enquanto isso, o Mercado Livre afirma que o Conar reconheceu a possibilidade da empresa manter o uso de “envio mais rápido do Brasil”. Porém, é preciso mencionar os critérios do estudo independente feito por consultoria externa sobre a velocidade das entregas, encomendado pelo Mercado Livre em agosto e setembro de 2021. 

De forma geral, é notável que o assunto sobre qual marketplace tem a entrega mais rápida do país está em pauta há algum tempo. Em meio a determinação dos ajustes nas propagandas feitas pelo Conar, os marketplaces seguem tomando iniciativas para aprimorar ainda mais suas operações logísticas…

Como a Americanas, que recentemente criou centros de distribuição para reforçar as entregas em até 30 minutos e expandiu a operação com veículos elétricos para 6 cidades. Enquanto o Mercado Livre inaugurou um espaço logístico para produtos de linha branca e, há alguns meses, comprou a empresa de operação logística Kangu.

RECEBA CONTEÚDO EXCLUSIVO NO SEU EMAIL (GRÁTIS)

Inscreva-se gratuitamente e receba as Principais Notícias do Mercado no seu e-mail toda semana!

Mais Lidas

Confira outros conteúdos:

Artboard 2 copy 2

O Ecommerce de Sucesso é um portal de informações sobre o Mercado de Ecommerce. Aqui são abordadas notícias e informações sobre os assuntos Economia, Marketing, Comércio Eletrônico, Varejo, Negócios, Mercados, Política e Tecnologia. Conteúdo independente interpretado com a visão dos nossos especialistas.

ECOMMERCE DE SUCESSO © 2020.