Magalu Finalmente Aposta no Rio de Janeiro

Última atualização em 6 de novembro de 2020 por Maria Alice Medeiros

Para competir de igual para igual com as outras grandes empresas do varejo, como Via Varejo, B2W e o Carrefour, a Magalu decidiu agora apostar em algo que vinha postergando há anos: investir no alto potencial de vendas do Rio de Janeiro. 

A Magazine Luiza era uma das poucas varejistas de grande porte sem operação no estado, o que não era nada bom, já que os fluminenses estão entre os principais compradores do Magalu pela internet

Agora, com a aposta da varejista no Rio de Janeiro, a empresa pretende diminuir custos e fazer entregas cada vez mais rápidas. 

Nos tópicos a seguir, explico tudo isso em detalhes. Acompanhe. 

Magalu

Magalu no Rio de Janeiro

A gigante do varejo nacional, Magazine Luiza, anunciou recentemente a abertura de um centro de distribuição em Xerém, Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, com inauguração prevista para outubro. 

A princípio, o novo espaço terá cerca de 30.000 m². Contudo, há planos para que as instalações aumentem em até 100.000m², dando a capacidade de a Magalu também atender às demandas do Espírito Santo. 

O centro será o 18º da companhia. Há também mais de 15 unidades de transição, instaladas entre as unidades de distribuição e os grandes mercados urbanos…

Além disso, em 2021, a empresa também pretende abrir lojas físicas no estado como forma de integração com toda a sua cadeia do Ecommerce. 

Em recente entrevista, Luís Fernando Kfouri, diretor de Logística do Magazine Luiza, disse essa é a maior oportunidade de crescimento de loja que a empresa tem hoje, e  acrescentou:

“Mesmo sem a rede física, o estado já está entre os três ou quatro primeiros no e-commerce do Magalu. São vários pontos (físicos) sendo avaliados ao mesmo tempo. Já está desenhado o futuro do Rio para os próximos dois, três anos. É uma entrada forte”.

Sendo assim, fica claro que a Magazine Luiza também faz parte da chamada “Guerra do Frete”, em que varejistas se esforçam para encurtar cada vez mais o prazo de entrega e, conscientemente, realizarem ainda mais vendas. 

Entregas rápidas para vender mais 

Com a nova aposta no Rio de Janeiro, a Magalu segue a atual lógica do varejo:

As empresas que têm bases perto dos principais mercados e maior capilaridade, conseguem entregar mais rápido e com menor custo de frete.

O que não vem acontecendo com a Magalu no Rio de Janeiro…

Hoje, os pedidos feitos pelos consumidores do Rio de Janeiro são retirados de loja e centros de São Paulo. E isso é um problema, pois gera mais tempo para e entrega e um frete mais caro para os consumidores. 

Até o momento, a empresa tem conseguido realizar entregas em até 48 horas. Mas o foco agora é diminuir este prazo para 24h – como já vem sendo feito na cidade de São Paulo, por exemplo.

Tudo isso faz parte da estratégia da empresa de expandir ainda mais seu alcance no ambiente digital. A ideia é seguir os passos de gigantes internacionais como Amazon e Alibaba

O fato é que não é novidade para ninguém que a empresa investe pesado nesse sentido. Principalmente nos últimos meses, em que o site Magalu e o aplicativo Magalu ganharam protagonismo no faturamento da total da varejista… 

Expansão Digital é o Foco da Magalu

Só entre abril e junho deste ano, as vendas online da Magazine Luiza apresentaram um salto de 182%, em comparação com mesmo período de 2019.

Em julho – o 3º melhor mês da história do Ecommerce, com as lojas físicas reabrindo em diversos estados, as vendas totais da Magalu subiram em 82% em relação ao mesmo mês do ano passado…

Só o Ecommerce da Magazine Luiza teve uma alta de 162%, nos cinco sites de vendas do grupo: Netshoes, Zattini, Shoestock, Estante Virtual e Época Cosméticos. 

Para tudo isso acontecer, um dos focos principais da Magalu foi a compra de empresas com potencial para elevar a participação da empresa no varejo nacional…

No que diz respeito ao setor de entregas, a primeira iniciativa aconteceu em 2018, com a aquisição da Logbee, uma startup logística, que passou a ser usada nas unidades de transição, da Magalu. 

Mas a compras de empresas não pararam por aí…

Só neste ano, a Magalu investiu na aquisição de startups, como Hubsales, especializada em ligar fornecedores diretamente a compradores, e Stoq Tecnologia, sistema responsável por reduzir filas e eliminar fricções no processo de compra.

Ou seja, tudo para melhorar a logística, expandir seu alcance no âmbito digital e, como consequência, firmar o nome da Magalu entre as líderes do varejo brasileiro. 

RECEBA CONTEÚDO EXCLUSIVO NO SEU EMAIL (GRÁTIS)

Inscreva-se gratuitamente e receba as Principais Notícias do Mercado no seu e-mail toda semana!

Mais Lidas

Confira outros conteúdos:

Artboard 2 copy 2

O Ecommerce de Sucesso é um portal de informações sobre o Mercado de Ecommerce. Aqui são abordadas notícias e informações sobre os assuntos Economia, Marketing, Comércio Eletrônico, Varejo, Negócios, Mercados, Política e Tecnologia. Conteúdo independente interpretado com a visão dos nossos especialistas.

ECOMMERCE DE SUCESSO © 2020.