5 Mulheres Empreendedoras que Você Precisa Conhecer

Última atualização em 24 de setembro de 2021 por Felipe Vannucci

Graças a muita luta feminina, felizmente podemos ouvir cada vez mais histórias de mulheres empreendedoras com grande sucesso.

É verdade que ainda temos muito a avançar, porque vivemos em uma sociedade com bastante receio com relação à posição das mulheres no mercado. Contudo, apesar de todas as dificuldades, as estatísticas sobre o empreendedorismo feminino são animadoras.

Segundo dados da Global Entrepreneurship Monitor, cerca de 51% dos novos negócios do Brasil, em 2018, foram criados por mulheres. Além disso, 35% das empresas brasileiras possuem mulheres empreendedoras por trás, aponta o Sebrae.

E, para inspirar novas mulheres empreendedoras, nada melhor do que conhecer histórias incríveis de quem chegou ao sucesso. Confira a lista de 5 mulheres que começaram do zero e conquistaram muito sucesso em suas áreas por meio do empreendedorismo feminino.

mulheres-empreendedoras

Cristina Junqueira

Você já ouviu falar do Nubank? É a fintech que revolucionou o mercado financeiro brasileiro ao oferecer serviços de cartão de crédito totalmente isentos de taxas.

O Nubank ficou popular devido aos seus cartões roxinhos sem anuidade. Essa onda rapidamente se espalhou, tornando-se altamente popular entre os jovens. Hoje, a empresa integra o seleto grupo de unicórnios brasileiros, como são chamadas as startups avaliadas acima de 1 bilhão de dólares!

Grande parte desse sucesso deve-se à Cristina, a única mulher entre os sócio-fundadores da empresa bilionária.

Cristina começou sua carreira ainda jovem. Ela se formou em Engenharia na USP e se especializou em universidades americanas. Ainda nos Estados Unidos, ela participou de um processo seletivo para trabalhar na operação de um grande banco no Brasil, de modo que retornou ao país.

Depois de fazer uma carreira de sucesso no banco, suas ideias altamente disruptivas não se encaixavam mais no “status quo”. Resolveu, então, sair para tocar seu próprio projeto.

Investiu dinheiro do bolso e, junto de mais dois sócios, levantou a operação do Nubank do absoluto zero.

mulheres-empreendedoras

Zica Assis

Zica é apelido para Heloisa Helena Assis, uma das fundadores da famosa rede de salões Beleza Natural.

Aos 9 anos, essa mulher empreendedora já trabalhava como babá. Dali, passou à faxineira, empregada doméstica e nunca parou.

Naquela época, seu cabelo volumoso era visto com preconceito. Segundo a própria Zica, as pessoas acabavam o associando a uma pessoa desleixada, o que acabava atrapalhando o seu trabalho.

Partindo dessa necessidade de controlar o volume próprio cabelo, passou a estudar a fundo o assunto e testar diversas fórmulas em si mesma e nos familiares.

Foram cerca de 10 anos de tentativas e erros até encontrar a fórmula secreta para os cachos perfeitos.

Com a descoberta, surgiu a veia empreendedora. Afinal, se ela tinha esse problema, provavelmente outras mulheres também poderiam ter. Daí surgiu a ideia de montar um salão de beleza.

O Beleza Natural começou como um salão nos fundos de uma pequena propriedade, algo que só foi possível devida à venda de uma fusca.

Hoje, já são dezenas de unidades espalhadas por todo o Brasil, além da expansão da marca para fora do Brasil e da operação online.

Gisele Bündchen

Supermodelo brasileira mundialmente conhecida, ela já foi apontada pela Forbes em diversas ocasiões como a modelo mais bem paga do mundo e umas das mulheres mais influentes do mundo.

Gisele começou a carreira aos 14 anos. Dali em diante, com sua personalidade e características altamente empreendedoras, ela conquistou não só o mundo da moda…

Estrelou, também, campanhas das marcas mais famosas do mundo e atuou em produções de Hollywood.

Além da sólida carreira como modelo, da qual se despediu em 2016 – realizando seu último desfile na abertura das Olimpíadas do Rio -, Gisele sempre foi uma grande empreendedora.

Apesar de “aposentada”, ela segue faturando alto com sua marca pessoal desenvolvida ao longo dos mais de 20 anos de carreira, o que garante contratos publicitários milionários. Gisele também investe em empresas no mercado de moda íntima e cosméticos.

mulheres-empreendedoras

Oprah Winfrey

Ela é uma das maiores personalidades do entretenimento americano de todos os tempos. Oprah é símbolo de empoderamento e resistência para mulheres empreendedoras, especialmente para mulheres negras.

Para se ter uma ideia, segundo a Forbes, Oprah Winfrey é a única mulher negra no topo da lista de pessoas que fizeram sua própria fortuna partindo do zero.

Mas chegar ao topo não foi nada fácil. Ela precisou lutar contra o preconceito e contra violência sexual. Além disso, durante a sua adolescência, chegou a perder um bebê, o que foi um momento de virada em sua vida.

Em meados dos anos 70, iniciou sua carreira como apresentadora de TV e, logo em seguida, estreou um programa que ficou no ar por 25 anos: o Oprah Winfrey Show. Este é considerado um dos programas de maior sucesso na história da TV Americana.

Após o final do Show, Oprah lançou sua própria emissora de televisão, além de atuar na produção de filmes e se envolver em ações filantrópicas.

mulheres-empreendedoras

Sophia Amoruso

Talvez você não a conheça por esse nome, mas já deve ter ouvido por aí a expressão “Girlboss”, muito usada para identificar mulheres empreendedoras de sucesso.

O termo ficou muito popular graças ao livro autobiográfico de Sophia, que rapidamente alcançou a lista dos livros mais vendidos no ranking do The New York Times. Inclusive, sua história acabou também virando uma série da Netflix.

Todo esse sucesso deve-se ao fato de Sophia Amoruso ser fundadora da Nasty Gal, Ecommerce de Moda gigantesco do mercado americano.

Sua história é bem fora dos padrões, o que acaba a tornando tão interessante.

Depois de passar por períodos difíceis na sua adolescência, em que chegou a pegar restos de comida nas lixeiras para se alimentar, Sophia foi considera pela Forbes como uma das pessoas mais jovens a fazer fortuna partindo do zero e por conta própria.

E toda essa reviravolta, de quebrada à milionária, teve início graças ao Ecommerce. Apostando nas vendas em marketplaces, a Girlboss ganhou popularidade e construiu uma das maiores marcas de roupas vintage do mundo.

Você também pode!

Você deve ter reparado que em todas as histórias a persistência é uma das principais características nas empreendedoras.

Se você também sonha em construir um negócio de sucesso, partindo do zero, saiba que é totalmente possível.

Além da persistência, você pode notar que todas elas são empreendedoras que se adaptam e buscam sempre aprender. Como ilustra muito bem a história da Zica, que para resolver um problema próprio, foi estudar mais sobre cabelos.

Com isso em mente, preocupe-se em buscar conhecimento em primeiro lugar e para isso, tenho um presente para você.

Assista agora mesmo uma aula inteiramente gratuita com o maior especialista de Ecommerce do Brasil, Bruno de Oliveira, e aprenda como criar um negócio sólido e lucrativo DO ZERO aos primeiros 10 mil de faturamento em apenas 90 dias.

RECEBA CONTEÚDO EXCLUSIVO NO SEU EMAIL (GRÁTIS)

Inscreva-se gratuitamente e receba as Principais Notícias do Mercado no seu e-mail toda semana!

Mais Lidas

Confira outros conteúdos:

Artboard 2 copy 2

O Ecommerce de Sucesso é um portal de informações sobre o Mercado de Ecommerce. Aqui são abordadas notícias e informações sobre os assuntos Economia, Marketing, Comércio Eletrônico, Varejo, Negócios, Mercados, Política e Tecnologia. Conteúdo independente interpretado com a visão dos nossos especialistas.

ECOMMERCE DE SUCESSO © 2020.