Ex-pedreiro supera desemprego e faz milhões vendendo ar-condicionado

Última atualização em 4 de novembro de 2021 por Felipe Vannucci

ecommerce-de-ar-condicionado

Nascido em uma família de origem humilde na cidade de Araçatuba, interior paulista, João Riquena Neto tem uma história de tirar o fôlego.

Mesmo quando ainda fazia curso de torneiro mecânico em busca de suas primeiras oportunidades profissionais, Riquena já demonstrava proatividade e uma vontade de crescer acima da média.

>> Palestra 100% Gratuita: “Como Montar seu Ecommerce do Zero” 

Assim que conseguiu o primeiro emprego, em uma empresa que comercializava sal, só conseguiu ficar alguns meses até sentir que necessitava de novos desafios… E não teve medo de buscá-los.

Em um segundo momento da sua rápida relação com a carteira de trabalho, João foi contratado por uma empresa que fabricava fios especiais para cirurgias e raquetes de tênis. Mais uma experiência curta: uma crise aguda de bronquite o tirou do emprego depois de 3 meses.

Desemprego e frustração

Frustrado com toda aquela situação — porém sem perder a sua característica chave de sonhar alto -, Riquena passou a viver de serviços informais, os famosos “bicos”. Foi aí que teve diferentes experiências, indo de pedreiro a boia-fria.

Em um desses “bicos”, um amigo o convidou para cortar uma árvore no fundo da empresa onde trabalhava. Riquena, necessitado e sempre pronto para o trabalho, aceitou.

Foi só ao chegar no local que o até então desempregado João Riquena Neto teve o seu primeiro contato com o produto que faria dele um milionário: aquela era uma pequena empresa de aparelhos de ar-condicionado.

Finalizado o serviço para o qual foi convocado, sua proatividade impressionou tanto que foi prontamente convidado para se juntar à equipe de técnicos daquele negócio… Estavam abertas as portas para o seu 3º emprego formal.

De desempregado a empregador

Mesmo julgando-se “um péssimo técnico no início”, como o próprio Riquena relatou em entrevista ao Portal IG, ele ficou na empresa por alguns meses. Depois disso, sua vontade de crescer falou novamente mais alto e ele pediu as contas, dessa vez com um plano em mente: trabalharia por conta própria fazendo reparos em aparelhos de ar-condicionado.

ecommerce-de-ar-condicionado

Assim que a ideia surgiu, Riquena não perdeu tempo e distribuiu diversos panfletos propagandeando os serviços pela cidade… Quando os clientes começaram a ligar, os aparelhos ainda eram testados em uma borracharia próxima, já que o ex-pedreiro não tinha uma rede de 220v em casa.

Algum tempo passou até João Riquena notar que o negócio de prestação de serviços não seria muito lucrativo e tinha pouquíssimo potencial de escala… Foi então que decidiu comprar aparelhos novos e testar o modelo de vendas.

Com toda a sua energia e proatividade, não demorou muito para ganhar mercado. “A indústria me abriu as portas porque eu era muito rápido. Meu modo de trabalhar agradava. Fui ganhando espaço com toda essa agilidade e crescendo”, contou ao IG.

No início dos anos 2000, o empresário já tocava 5 lojas físicas de ar-condicionado no interior paulista.

Escala e problemas com o foco

Talvez um pouco entorpecido pelo sucesso dos seus negócios até o momento, Riquena resolveu apostar no aumento de sua linha de produtos: abriu duas lojas para vender fogões, geladeiras e eletrodomésticos em geral.

Depois de algum tempo, percebeu que aquele não era o seu negócio, já que as duas unidades sugavam todo o lucro proveniente das outras 5 lojas. Foi aí que se deu conta de uma lição que muitos empreendedores bem-sucedidos já entenderam: “É importante focar no que se conhece”, contou ele sobre o aprendizado que teve com as lojas de eletrodomésticos.

ecommerce-de-ar-condicionado

Passado mais algum tempo, veio a ideia de usar a internet para montar um ecommerce de aparelhos de ar-condicionado e finalmente dar a escala desejada àquele negócio.

Na época, como muito pouco falava-se sobre comércio eletrônico e vendas pela internet, o empresário admite que ficou um tanto quanto inseguro: “Ninguém acreditava que dava para vender ar-condicionado pela internet, já que é um produto com muitas especificações técnicas. Um pessoal mais jovem, colegas e amigos, que me convenceram de que poderia dar certo, aliando minha experiência com o produto e com o varejo”, diz.

Mesmo com as incertezas, Riquena foi atrás de mais crescimento, colocou os planos em prática e fundou a Central Ar. Dessa vez tudo funcionou maravilhosamente bem.

“Na hora em que coloquei o site no ar, ele já começou a responder. Vendi logo no primeiro dia e percebi que esse modelo poderia me levar para uma escala bem maior”, conta.

Com 10 meses no ar, a loja virtual já representava cerca de 50% do faturamento da empresa — depois de 2 anos, essa participação era de 90%.

ecommerce-de-ar-condicionado

Sem grandes razões para continuarem a existir, em 2011 todas as lojas físicas foram fechadas e João Riquena Neto continuou seu negócio no online, especializando-se cada vez mais na operação que tantos frutos estava rendendo.

Atualmente com 46 anos, mais de 20 deles dedicados a entender e aperfeiçoar o seu negócio, Riquena fatura, segundo o último balanço revelado (2015), 9 dígitos ao ano. Segundo ele, “se trabalhar direito, mesmo com os problemas que o país enfrenta, dá para seguir adiante”.

Quando perguntado sobre sua incrível volta por cima, o empresário mostra-se modesto, mas vai direto ao ponto: “não sei qual é o segredo para o sucesso, mas a dica que dou é para você ter um sonho e batalhar por ele com persistência e sempre ao lado de pessoas boas. Os grandes vencedores com certeza reúnem esses elementos”, finaliza.

Aprenda a Montar o Seu Negócio na Internet [Palestra 100% Gratuita]

A história de João Riquena Neto é semelhante a de milhares de brasileiros que, cansados de sofrerem com o desemprego ou salários defasados, dão a volta por cima criando um negócio para vender seus produtos na internet.

Se você está interessado em começar no mercado do comércio eletrônico, temos um SUPER presente: a Palestra “Como Montar seu Ecommerce do Zero” está disponível de forma 100% Online e Gratuita.

Nessa apresentação de 60 minutos, o especialista Bruno de Oliveira revela o caminho mais rápido para quem quer montar um ecommerce com pouco dinheiro (mesmo que você nem saiba ainda o que vai vender).

Se interessou? Então não perca tempo! Clique no banner abaixo e reserve a sua vaga ainda hoje… A apresentação sairá do ar em breve.

curso-de-ecommerce-do-zero

RECEBA CONTEÚDO EXCLUSIVO NO SEU EMAIL (GRÁTIS)

Inscreva-se gratuitamente e receba as Principais Notícias do Mercado no seu e-mail toda semana!

Mais Lidas

Confira outros conteúdos:

Artboard 2 copy 2

O Ecommerce de Sucesso é um portal de informações sobre o Mercado de Ecommerce. Aqui são abordadas notícias e informações sobre os assuntos Economia, Marketing, Comércio Eletrônico, Varejo, Negócios, Mercados, Política e Tecnologia. Conteúdo independente interpretado com a visão dos nossos especialistas.

ECOMMERCE DE SUCESSO © 2020.